#DESPEDIDA

#deixarpartirsemDESPEDIDA

as despedidas são más . as despedidas são boas . as despedidas são aquilo que não sabemos caraterizar racionalmente , porque nos levam a um conjunto de emoções e sentimentos que o cérebro não consegue ser tão bom a interpretar como o coração . por isso se as despedidas levarem a emoções menos positivas , daremos ao menos (e totalmente !!!) os créditos ao coração . que nos fez sentir cada lágrima , cada ai , cada aperto no peito , cada dor de cabeça … não vamos morrer ao sentir isso tudo , não morremos de ansiedade ! “morres” se desistires de ensinar o teu corpo a sentir essas coisas … ‘morres’ se tiveres preguiça de rasgar o lençol , porque a seguir o vais cozer (e às vezes é tão mais bonito com remendos) … ‘morres’ se não deres a hipótese a ti mesma de enfrentar corajosamente o pânico da perda , da solidão , da traição , da debilidade . és uma grande máquina , se tiveres um grande coração (não dizem que ele é a máquina do nosso corpo ?)

é difícil deixar partir , é difícil não termos aquele momento antes para nos prepararmos e nos despedirmos , mas também seria difícil a despedida : por isso o ideal será sentir tudo na hora em que ele ou ela ainda está contigo . será ferverosamente relacionarmo -nos com as coisas , com o mundo e a migalha , com o livro/a história , com as lágrimas e claro , com o sorrisos (todos ! mesmo daqueles que não conhecemos) , com as certezas e as utopias , com as estrelas , com os que nos são algo , com isto e aquilo ali … será sempre mais feliz aquele que deu tudo, aquele que amou mais intensamente .

a vida cheira , toca , tem palato , olha o medo , e é aí que nos pica ! então , nada melhor do que fazermos tudo aquilo que nos apetecer para a educar . lá está, somos uma grande máquina , se tivermos um grande coração ! domesticamos a vida que nem um animal e depois (de todas as lutas , porque não é só uma , nem duas , são constantes , são centímetros , são sinais) podemos chamá-la juntando-lhe o sufixo ‘inho’ : vida és um amorzinho !

deixar partir sem despedida é isso mesmo : é levares tudo como bem entenderes , ripostares em cada batalha sem mostrar que estas a tremer (mas podes tremes) com valorização e um pouco de distração e se tudo isto for conduzido pelo coração deixas que entrem furacões na tua vida e saiam saudadezinhas de pequeninos pedaçinhos de fofurinha (mesmo falando naquele parvinho que te traiu : deixa -o partir sem despedida ! ; ou quando morre alguém que NOS É : deixa -o ir sem despedida !

‘guarda em ti’ a despedida que nunca foi vivida , porque quando vives é para estar e não para largar ; embora também vivas para largar e nestes casos vale -te dos caminhos percorridos com o coração na boca . esses é que te deixam a consciência tranquila , não na hora , mas na aprendizagem (depois dessa não -despedida !)

ief

imagem : de paulo resende (visitem ! tem daquelas imagens que nos fazem sonhar e nos enchem a alma)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s