#prazerMEUCORPO

somos bombardeados diariamente com textos para nos ajudarem a perder uns kilinhos e já vão surgindo outros tantos  sobre ser mais saudável , seja com ganho de peso ou perda do mesmo , seja com tonificação ou apenas melhoramento da nossa casca .

nessa linha , a que separa o bom senso e o aficionado , pensamos que a gratificação é quando conheces o teu corpo sinal por sinal e o deixas respirar poro por poro . esse feito é conseguido a partir do momento em que não revolucionas o teu habitat para conseguir a cozinha , a panela , a marca daquela bloguer ou actriz super fit . ou mesmo quando colocas o despertador para perceber a que horas marca o instastorie da famosa de quando foi correr … calma ! tu consegues o teu objectivo sem tanto stress ou copianço (mesmo que este já tenha dado muito jeito na escola) !

segredo : o stress é o teu maior inimigo nesse novo estilo de vida fit . aliás , já o era no fatfit ou fat o melhor é ser full : de balance ! de regras emocionais ! de prazer !

é verdade ! nós também passámos e passamos por isso , por copiar esses modelitos (e ainda bem que eles existem !) : para madurarmos um bom comportamento /estilo emocional , passamos inevitavelmente pela adolescência do pensamento (tenhamos 30 ou 80 anos) . daí que sentir -mo -nos assoberbados pela imensidão de informação e rapidez com que algumas pessoas adoptam e mostram resultados … é completamente humano ! ‘faz dar com a cabeça na parede !’ faz a impotência ser rica e a nossa vida ser espinafres sem corpo para tornar forte . mas se nos abstrairmos e olharmos por fora , começamos o reconhecimento para o equilíbrio , a escrever as nossas regras e a dar lugar ao tão nosso puro prazer .

na nossa visão … o caminho para conseguires concretizar um objectivo vai de encontro ao reconhecimento do problema e flexibilidade para transformares o medo que o acompanha em amor , em aceitação e em compromisso . nessa altura atinges o equilíbrio .

depois passas a enumerar os teus pilares , as tais regras emocionais : 4 horas de prazer ; 4 canecas de água (esta é ponto consensual) ; 3 vistos desenhados na lista de coisas a fazer ; mais 2 xícaras de alimentos bonitos que reconfortam a barriguinha e não deixam o estômago a queixar -se ; 2 colheres de carinho à pela e , por fim , 1 vício a menos … et voilá temos o bolo de chocolate feito – a este que ninguém aponte o dedo ! nem aos pontos fat nem aos fit , não é nada disso ! tal e qual como cada um de nós , que não somos esses termos , somos o nosso cheio de sentido , o nosso copo meio vazio reinventado em meio cheio !

somos o prazer de cada dia e isso transforma o brilho do teu olhar , o macio da tua pele e a tua bonita figura desenhada de conhecimento . aquela que diz : prazer , meu corpo , és tudo o que queria para enfrentar a explosão diária de emoções e produtos e perceber o que escolher , se chorar para crescer , se sorrir de entendimento , se recomeçar (com fé) .

ief

imagem : de limonetes

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s